topo↑

Seminário Pró-Hallyu em Sampa

Estava olhando o meu histórico de posts aqui no blog, e são tantos posts mencionando São Paulo ao longo do anos, que praticamente só falta eu ir morar lá! Haha ♥ Mas vamos direto ao assunto…
Como repórter honorária da cultura coreana, eu e meus outros colegas repórteres fomos convidados a participar do Seminário Pró-Hallyu 2015. De cara já fiquei muito contente com o convite, pois, curiosamente, escrevi um artigo para o WCH 2015 (World Congress for Hallyu) que abordava justamente isso – o qual inclusive explicarei melhor mais adiante.

Para os que não tem ideia do que significa Hallyu: também conhecida como “korean wave” ou “onda coreana”, trata-se do sucesso da mesma ao redor do mundo. Dentro disso, estão: k-dramas, k-pop, programas de TV, moda, filmes, culinária, cosméticos, e afins. Ou seja, a popularidade da disseminação de todas essas vertentes juntas, que caracterizam o que entendemos por Hallyu.

O evento foi incrível. Além de palestras ricas em conteúdo sobre a Hallyu e tudo que a propagação dela pode oferecer, houve ainda a apresentação de projetos do concurso Hallyu. Esse concurso cultural foi lançado na metade do ano, exclusivamente para os alunos e ex-alunos do programa Ciência Sem Fronteiras que estudaram na Coreia do Sul. O objetivo era inscrever um projeto para estreitar as relações entre o Brasil e a Coreia, e disseminar a cultura coreana em nosso país. Maravilhoso, não?
Ah! Sem contar o fato de que eu poderia levar um convidado, e levei a Cih comigo! ♥ Fiquei ainda mais feliz pois ela curtiu muito. Inclusive fez um ótimo post sobre o evento! Me encheu de orgulho essa japa.

Gostei de todos os projetos apresentados, pois cada um era/é importante e pode contribuir significativamente para o propósito de disseminar a cultura coreana. Mas dois deles me chamaram bastante atenção: o Festival da Lanterna Lótus (o qual a Cih explica muito bem no post dela), e o “Nii”, um aplicativo para fortalecer laços entre países. As possibilidades com esse aplicativo são imensas e o projeto é muito bem estruturado. É basicamente uma junção da funcionalidade de vários outros aplicativos que já vi por aí com propósito parecido, porém bem mais completo. Além de saber informações básicas sobre a Coreia, você poderia treinar o idioma com outras pessoas, selecionar notícias, ter um perfil para trocar ideias com outros brasileiros que também tem interesse na cultura, buscar por universidades que ofereçam intercâmbios com esse propósito, trocar o idioma do aplicativo para hangul, entre outras mil coisas!

eu olhando pra baixo meio nervousar, pois estavam chamando alguns repórteres para falar! huahua

Lembro que quando participei da Imersão Cultural esse ano, meus olhinhos brilhavam por poder estar em contato com pessoas que tem o mesmo interesse e paixão que eu e desejam aprender ainda mais sobre isso. Dessa vez não foi diferente. Muitas coisas eu já sabia, mas quando se trata de conhecimento SEMPRE há mais para aprender e se descobrir. E ver a satisfação da Cih ao absorver tudo, me deixou mais contente e grata por poder dividir isso com alguém que te compreende e torce por você. Aliás, tenho muita sorte por ter amigas e amigos maravilhosos que me apoiam nisso tudo e sempre me incentivam com palavras de carinho. Sem dúvida isso faz toda a diferença para que eu continue a buscar por meus objetivos.

Jantar especial para os convidados! Nhami!

Por último, mas não menos importante, vou deixar aqui o link para quem quiser ler o artigo que escrevi para o concurso World Congress Hallyu 2015. O tema desse ano era Reflexões e Teorias sobre a Onda Coreana. Participei mais para treinar a minha escrita sobre o tema e a título de curiosidade mesmo. Não ganhei, mas gostei bastante do artigo que escrevi e acho que merece ser compartilhado! Principalmente aos que tem interesse em saber mais sobre esse assunto ^^ .

Artigo em português: clique aqui    |    Artigo em inglês: clique aqui

E que venham mais eventos assim, para que eu possa participar e meus olhos brilharem cada vez mais a cada novo aprendizado! ♥

PS.: Coloquei aqui na barra lateral do blog, um menu com os links pra todos os artigos que eu já escrevi para o Centro Cultural como Repórter Honorária da Cultura Coreana. Aos que tiverem interesse de ler, sintam-se à vontade!

Priih

Priscila Cardoso (프리실라 카르도스), ou apenas Priih. 27. Inconstante em muitos níveis e intensa igualmente. Escreve incontroladamente sobre tudo e tagarela sobre a Coreia desde 2008. Descobre novas paixões a cada dia e não dispensa livros, música e uma boa caneca de café.
  • Cih

    Bate aqui, amiga! o/
    Eu tenho sorte e sou abençoada de ter amigas tão esforçadas como vc! =]
    Continue na busca pelo seus interesse e aquilo que aquece seu coração…
    Todo esforço será recompensado e… pensando bem, você já esta sendo recompensada vai!?
    Adoro te! Chama eu sempre pra ir nesses eventos! Kiss

    22 de dezembro de 2015 at 14:36 Responder
  • Gabi Gouveia

    Oi Pri, tudo bem? Menina, eu moro em SP desde que nasci e não conheço metade dos lugares famosos e também nunca fui em seminários, encontros, etc…acredita? Eu amo conhecer novas culturas, e tenho certeza que você aproveitou muito <3

    Beijocas

    20 de dezembro de 2015 at 13:55 Responder
  • P.M.

    É tão prazeroso participar algo que vc gosta muito!
    Reparei que vc gosta muito de cultura coreana! Teve uma amiga que estudou muito a idioma e conseguiu passar no intercambio da coréia. Deve ter sido uma vitória na vida dela.

    E que coicidencia de nome, meu nome brasileira se chama Priscila também! xD
    Um grande prazer em conhecê-la!

    Kiss!
    matcha Tea.
    Tsuki no Shita

    18 de dezembro de 2015 at 22:31 Responder

Comenta, vai?