Personagens femininas que me inspiram

março 23
22 comentários

“Personagens femininas que inspiram” é um dos temas do mês de março do grupo Blogueiros Geeks no facebook, e achei que não poderia haver tema melhor para estrear o meu primeiro post dessa blogagem coletiva. Conheci o grupo através da Bia há mais ou menos um mês e meio (?), e adorei os projetinhos e temas que eles propõem ♡ . Aliás, logo depois que entrei, descobri que a Clayci é uma das administradoras. Em que mundo eu estava? Não sei. Mas antes tarde, do que nunca ^^ .

Quebrei a cabeça pensando e fazendo listas, anotando os filmes/livros/séries e mulheres reais, em que as personagens femininas mais me marcaram. Mas a dificuldade em si não foi recordar, e sim selecionar as personagens para o post, por serem muitas.

ANNE FRANK


Ela em primeiro, porque não tinha como ser diferente. Eu não consigo nem expressar em palavras o quanto Anne Frank me fez questionar sobre a minha vida, meus valores, minha forma de enxergar o mundo, e sobre não perder a esperança. Quando li o diário dela eu realmente me envolvi na sua história, em seus sonhos, nas dificuldades em que ela e a família passaram, em tudo. E não há trechos suficientes para descrever a inspiração e lição de vida que os relatos dela provocaram em mim. O tipo de cenário que te faz chorar a alma e se perguntar como um anjo – e tantas outras pessoas inocentes – tiveram que ter suas vidas e sonhos interrompidos pela crueldade de um único ser humano, que de humano não tinha nada. Pra quem não leu, deixo aqui uma das minhas citações favoritas e que mais me emocionam: “Para mim, é praticamente impossível construir a vida sobre um alicerce de caos, sofrimento e morte. Vejo o mundo ser transformado aos poucos numa selva, ouço o trovão que se aproxima e que, um dia, irá nos destruir também, sinto o sofrimento de milhões. E, mesmo assim, quando olho para o céu, sinto de algum modo que tudo mudará para melhor, que a crueldade também terminará, que a paz e a tranquilidade voltarão. Enquanto isso, devo me agarrar aos meus ideais. Talvez chegue o dia em que eu possa realizá-los!”

PRINCESA MONONOKE


Princesa Mononoke é uma animação japonesa do fantástico STUDIO GHIBLI, criado pelo maravilhoso Hayao Miyazaki. A protagonista chama-se San, e ela é conhecida como Wolf Princess (Princesa Mononoke), pois foi adotada e criada por uma loba chamada Moro, que é uma das deusas da floresta incumbidas de salvar o meio ambiente continuamente destruído pelos humanos. A figura que a San representa é de uma personagem tão determinada, corajosa e admirável que não tem como você não se cativar por ela. San realmente acredita ser um lobo, e são as características da personalidade dela – entre elas: temperamento forte, comportamento arredio e às vezes violento – que a tornam uma heroína mais realista, e não aquele clichê “exemplar” que já estamos acostumados, pois ela tem tanto lados bons, como ruins. Adoro o STUDIO GHIBLI por sempre mostrar garotas fortes e empoderadoras em suas animações, ainda que complexas na visão de muitos.

PHOEBE BUFFAY


Talvez você esteja se perguntando: “Ué, mas a Phoebe?”. Sim, a Phoebe! Adoro ela por vários motivos, entre eles: ser original, não ter vergonha de ser ela mesma ou do que as pessoas vão falar sobre seu comportamento, por ter princípios e realmente segui-los, ou ao menos segui-los na maior parte do tempo (como ser vegetariana, não apoiar produção em série e sim produtos artesanais e com uma história, etc), por ser sincera e por sempre tentar apaziguar situações tensas entre os amigos. Ela fala e faz o que tem vontade, não vê problema nenhum em flertar com um cara pelo qual se interessa. Ela até já foi barriga de aluguel do próprio irmão que tinha recém conhecido depois de anos (!). Ela é ela mesma ou Regina Phalange e pronto. Inclusive tem um episódio em que a Mônica e a Rachel chamam ela de flaky (excêntrica, esquisita), e ela responde “É verdade, eu sou esquisita”, ao que a Rachel retruca: “Então você está ok em ser esquisita…?”, e a Phoebe apenas diz “Sim, totalmente”. Melhor pessoa! ♡

SAILOR MARS


Já mencionei aqui o quanto gosto da Mars, e pra quem não viu, também fiz um cosplay dela no ano passado. Eu costumo dizer que a Sailor Moon é a minha spirit animal – por ela ser preguiçosa, estar sempre com fome, ser meio aérea, e etc -, e a Sailor Mars é a guerreira que eu me identifico com a história em vários aspectos, e quem eu tenho como exemplo de como eu gostaria de ser, digamos assim. Ela tem uma personalidade forte, e apesar de ser popular entre seus colegas é bastante solitária. Sua mãe morreu quando ela era pequena e seu pai é uma figura ausente em sua vida, que nem nos aniversários da própria filha aparece. Ele é político, e inclusive a Rei/Mars culpa o próprio pai pelo falecimento da mãe, pelo fato de não ter cuidado da mesma como deveria. Por esses problemas ela acaba tornando-se uma pessoa muito fechada de início, e cria uma certa aversão a homens. Apesar disso tudo, ela é muito dedicada, estudiosa e ainda é a sacerdotisa do templo de sua família. Me identifico com ela pela questão paterna, pela personalidade reservada e por muitas vezes sentir-se deslocada – o que no caso da Rei muda um pouco, logo após ela se descobrir guerreira e poder usar suas habilidades espirituais de forma ainda melhor.

LUNA LOVEGOOD


Confesso que Luna e Hermione estão ali ó, juntinhas no páreo, pois amo as duas. Mas optei por falar com detalhes só de uma, ou não terminaria esse post tão cedo. Eu diria que a minha aficção pela Luna se dá quase pelos mesmos motivos que a Phoebe. Tanto a Luna do livro quanto a do filme, representam uma personagem super excêntrica, que muitas vezes é motivo de piada dos colegas pelo seu comportamento, que é visto de forma bizarra pelos outros. Mas ela reage a essas brincadeiras de mal gosto de forma indiferente, e é a personificação da honestidade e bondade. Mesmo que seja tratada de forma injusta, ela não deseja o mal a ninguém. Vejo ela como uma personagem incompreendida, que carrega um trauma por aparentemente ter presenciado a morte da própria mãe aos nove anos, e que segue em frente do seu jeito, porém forte e determinada. Lembro de como fiquei contente pelo Harry ter feito amizade com ela – apesar do preconceito inicial -, e aproveitar sua companhia, pois a Luna geralmente ficava mais isolada e solitária.

VIOLET CRAWLEY


Essa molier quebra tudo, RISOS ♡. A começar pela atriz que, por si só, é outra musa inspiradora. Me diverti muito com ela em Downton Abbey, e virei fã da personagem. Violet Crawley não tem papas na língua, amigos. Ela é sincera, opina sobre todo tipo de assunto e não gosta de ser contrariada – embora saiba reavaliar suas atitudes e muitas vezes surpreender os outros com sua compaixão. É uma figura forte, que não se dá por vencida até conseguir o que quer e que sempre encontra um jeito de achar uma vantagem para si, independente da situação. Dentre todos os “cortes” e lições que a personagem dá, tem uma citação dela que não sai da minha cabeça e que vou guardar para sempre: “Você é uma mulher com um cérebro e com capacidade razoável. Pare de choramingar e encontre algo para fazer.” A parte do “capacidade razoável” pode soar cruel, mas faz parte do jeitinho nada sutil da Violet. Ela te estende a mão, mas subir dependerá do seu próprio esforço.

Ufa, e é isso! E que fique claro que essa lista poderia ser muito maior, mas eu sou péssima em resumir e não quero cansar ninguém, haha. Só de Harry Potter e Downton Abbey, daria para incluir mais uma porção de personagens femininas maravilhosas. Mas espero que tenham gostado! E adoraria saber quais personagens femininas mais inspiram vocês também ♡

  1. Clara Fagundes

    abril 13, 2016

    Ah! Só preciso comentar mais uma coisa. Anne Frank não foi morta pela crueldade de um homem. Ela foi morta pela crueldade de milhares, milhões, e por uma crueldade que continua matando milhões de pessoas por aí. No Oriente Médio, na Ásia, na Europa, na África e, é claro, aqui. É uma crueldade que não tem corpo e, ao mesmo tempo, tem infinitos rostos. Tá no rosto do paulistano que odeia o nordestino, do francês que odeia o africano, do norte-americano que odeia o latino, do cis que odeia o trans, do hetero que odeia o gay, do homem que odeia a mulher, enfim. Tá no rosto e no coração apodrecido de todo mundo que odeia e oprime o diferente, a minoria, o excluído, o imigrante. Hitler foi só um rosto para uma fração dessa crueldade preconceituosa, mas ele representou a vontade de grande parte de um país, inclusive desencadeou e caminhou junto a uma mentalidade fascista que se espalhou por quase todo o mundo. Continuaria falando, mas paro por aqui que fico triste só de pensar em como as décadas passaram e o ódio não diminuiu.

  2. Clara Fagundes

    abril 13, 2016

    Pri do céu, já tava com saudade do seu blog.

    Eu tô de cara que, num post com tantas personagens, eu sou PERDIDAMENTE APAIXONADA por todas, menos a princesa (e só porque ainda não vi o filme, que está na minha lista de Quero Ver do Filmow). Violet é a melhor personagem de Downton, com as melhores cenas, as melhores frases e uma ousadia, uma força, um senso de humor maravilhosos. Até hoje eu acho que Luna foi MUITO desperdiçada na história, porque ela é maravilhosa e infinitamente mais interessante do que Gina, por exemplo. Pô, J.K. Eu sempre fui Sailor Mars, hahahaha. Em todas as brincadeiras e em questão de me conectar mesmo. Anne Frank, nossa, já li o livro várias vezes, vi todos os filmes, fui à casa dela em Amsterdam, enfim. Acho que cada vez que leio a sua história, ela me encanta de maneiras diferentes e que eu não tinha notado antes. Sinto até hoje a morte dela, fiquei muito triste no museu-casa, pensando em como essa menina iluminada foi morta pelo preconceito e pela crueldade humana. Phoebe: amo! Mas acho que prefiro Monica… Só que amo Rachel também… SOS.

    Beijinhos de luz e amei o post! <3

  3. Camila Faria

    março 29, 2016

    Que lista mais maravilhosa Priih!!! Eu fiquei morrendo de vontade de saber mais sobre a Princesa Mononoke. Eu adoro o Studio Ghibli, mas não sei muito sobre ela, vou correr atrás!

  4. Vanessa Bayer

    março 28, 2016

    Adoro fazer listas, mas nessas horas eu não consigo. É demais para mim, hahah. Então não consigo dizer alguma agora, mas serve a minha mãe? AQUELAS! Mas é verdade, minha mãe é tudo pra mim! A Princesa Mononoke é maravilhosa, sério! Uma pena, mas não conheço algumas da sua lista… De qualquer forma, amei a postagem. Um beijo grande ♡

  5. Dasty

    março 28, 2016

    Li Anne Frank mais ou menos com a mesma idade que ela tem no livro. Lembro de ter ficado surpresa com a inteligência dela e por ela escrever tão bem. Realmente ela é uma inspiração, daquelas que dá vontade de ter sido amiga. Também amo a Sailor Mars e a Luna Lovegood! E da Ghibli, confesso que minha personagem favorita ainda é a Sophie de Howl’s Moving Castle.

    • Priih

      março 28, 2016

      “…daquelas que dá vontade de ter sido amiga” sim! Me senti exatamente dessa forma em relação a ela. Eu li apenas depois de adulta, mas acho que no meu caso, se tivesse lido mais nova, talvez não teria absorvido tão bem a história e percepções da Anne.
      A Sophie também é maravilhosa <3

  6. Ingrid

    março 27, 2016

    A Anne é uma criança que deixou algo lindo para o mundo: o registro de sua vida rica em historia.
    O seu Diário é uma ótima leitura e gosto da sua sensatez e as vezes ingenuidade, acho que dá ingenuidade e de seu olhar infantil ela deixou tantas citações lindas e ricas em amor e paz.

    cantinhob.com

    • Priih

      março 27, 2016

      Sem dúvidas, apesar do final trágico, Anne deixou algo belíssimo para o mundo!

      Beijos,
      Priih ♡

  7. Daielyn

    março 27, 2016

    Priih!

    Eu adorei seu post! Desde que você compartilhou esse texto eu fiquei pensando em quais mulheres me inspiram para comentar aqui (sim, cada dia que lembrava do post pensava um pouquinho!), e achei bem difícil.
    Gostei muito da sua lista e com certeza um dia lerei o diário de Anne Frank. Ah! Assisti um pedaço do primeiro episódio de Downton Abbey ontem pra poder conhecer um pouco dessa série que você gostou tanto e a Violet (sensacional mesmo! hahaha).

    Como falei, é difícil fazer uma lista, mas entre minhas inspirações femininas estão: Sakura Kinomoto (Sakura Card Captor), Momo Adachi (Peach Girl), Rey (Star Wars) e Lara Croft (Tomb Raider).
    São todas personagens altruístas, independentes, corajosas e com senso de justiça muito forte!

    Ah, na lista também não poderia faltar a minha mãe! :)

    Beijos

    • Priih

      março 27, 2016

      Nii ♡ Que bom que gostou do post!
      Difícil esse tema, né? Levei um tempão pra me decidir, tanto que só postei no final do mês XD
      Espero muito que você leia o Diário de Anne Frank! Assim que terminei de ler fui atrás de tudo a respeito, pois a história me fez repensar muitas coisas. Me deixou inefavelmente impressionada, e num primeiro momento fiquei em estado elegíaco, mas depois absorvi melhor o texto e pude extrair as coisas boas que aprendi com a leitura. (10 pontos para o Marca Página por ter me ensinado essas palavras e 10 pts pra mim, por ter conseguido usá-las, haha XD)
      Woah, adorei saber que você viu um episódio de DA! ♡ De início a Violet já arrebenta mesmo, mas o personagem dela se desenvolve melhor mais pra frente!
      Eu já imaginei que você colocaria a Rey na sua lista, pois lembro como você falou que curtiu essa personagem ^^ E simm, incluiria minha mãe sem dúvidas também! Até pensei em colocá-la no post, mas como tinha feito uma “homenagem” pra ela no post sobre o que aprendi com os meus 25 anos, acabei não colocando.

      Beijos linda ♡

  8. Fernanda N

    março 26, 2016

    oie priii…
    adorei o post! já fiquei com ideias para escrever a minha versão lá no confabulando, mas preciso primeiro escrever os milhões de posts que já estão “agendados” para entrarem nas próximas semanas. gosto bastante de algumas personagens que você citou, como a phoebe e a luna. no entanto, eu acho que, na minha versão do post, eu citaria a monica geller e a hermione granger ao invés… acho que ambas tem mais a ver comigo, são extremamente organizadas, metódicas e muito sérias a respeito de alguns assuntos… hehehe! e preciso muito ler o diário de anne frank… faz um tempão que quero, mas ainda não tive a oportunidade. :)
    beijooooo

    • Priih

      março 27, 2016

      Oi Fê, que bom te ver por aqui!
      Pois é, eu até queria ter citado mais exemplos, tanto de FRIENDS, quanto de HP, ou Downton Abbey, porque sempre me identifico com alguns aspectos de cada personagem, quase sem exceção, haha. Mas eu me estenderia demais, por isso deixei assim :P
      Quando puder, leia o Diário de Anne Frank sim, acho que você vai curtir tanto quanto eu, ou ao menos espero que sim!
      E também faça sua versão desse tema sim, eu adorei escrever sobre <3

      Beijos!

  9. Thay

    março 26, 2016

    Quanta mulher incrível na sua lista! Mas devo dizer que fiquei especialmente contente em ver uma sailor entre elas, meu anime favorito quando criança era Sailor Moon (dá pra dizer que ainda é, na real, haha) e adorava (tentar) desenhá-las. Rei é uma personagem incrível mesmo, ainda mais no mangá. Na série acho que ela é muito explosiva (me identifico) e no mangá ela tem um quê de elegância que acho lindo. Das outras mulheres maravilhosas também devo dizer que AMO a Violet! Ela realmente foi o espírito da série, com suas tiradas sarcásticas e irônicas. <3
    Um beijo!

    • Priih

      março 26, 2016

      Suspeitei desde o princípio que seu anime favorito seria Sailor Moon, por causa do seu avatar da Sailor Pluto! haha Que é outra maravilhosa, por sinal <3 Eu até ia colocar mais do que uma Sailor na lista, mas não queria soar repetitiva e acabei escolhendo um personagem de cada trama, digamos assim.

      Beijos! ♡

  10. Beatriz Cavalcante

    março 25, 2016

    Preciso dizer que não conheço nenhuma dessas mulheres e estou até me sentindo mal, haha. Anne Frank eu até conheço mas nunca li nenhuma história dela mas tenho vontade. Eu tô louca para ver esse desenho do Studio Ghibli e essa semana apareceu tanta foto e gif dessa personagem que eu fiquei a fim de assistir. Também comecei a ler HP mas ainda não apareceu a Luna. Tanta gente fala dela que eu estou ansiosa para chegar logo nessa parte. :P

    Beijos!

    • Priih

      março 25, 2016

      A Anne na verdade não publicou nenhum livro. Ela tinha um diário e tinha a intenção de publicá-lo um dia, mas como ela morreu no campo de concentração durante a guerra isso não foi possível. Mas o pai dela, que foi o único da família que sobreviveu, encontrou o diário e então decidiu publicá-lo. Vale muito a pena ler, Bia. É maravilhoso ♥
      Tenho certeza que você vai adorar Princesa Mononoke! É tão bom quanto qualquer outro filme do Miyazaki.
      E dependendo de onde você está em HP, acho que a Luna vai demorar a aparecer a ainda. Ela surge apenas no 5° livro, a Ordem da Fênix. Mas espero que goste :3

      Beijos,
      Priih ♡

  11. Stephanie Ferreira

    março 25, 2016

    A Anne e a Luna também são inspirações pra minha vida… E concordo que só de HP eu escolheria várias personagens heheheh ♥
    Beijão Pri

    • Priih

      março 25, 2016

      Pelo que estou vendo, a Anne e a Luna são as inspirações da maioria! Mas acho que não tinha como ser diferente, né? Fico feliz com isso <3

      Beijos,
      Priih ♡

  12. Angélica

    março 24, 2016

    A Luna e a Anne Frank me inspiram fortemente também! É como se elas passassem a sensação que pensar diferente é essencial para se ter uma vida como realmente queremos. Adorei as outras também e achei seu blog muito lindo! Beijos!

    • Priih

      março 25, 2016

      Yay, olá! ^^
      É exatamente essa sensação que tenho de ambas também! Sempre recorro à uma citação da Anne quando estou desacreditada com a vida…
      Obrigada e fico feliz que tenha gostado do blog! Farei uma visita ao seu também xD

      Beijos,

      Priih ♡

  13. Clay

    março 24, 2016

    Ahhh é tão bom ver vc lá no grupo *_*

    Eu não fiz com personagens e só depois que eu publiquei que me dei conta, mas comi bola.. Porque eu ia citar a Anne Frank e passou despercebida na hora da criação do post. Uma autora e uma personagem forte, que inspira! É incrível ver a forma que ela via o mundo, imaginava e lidava com as situações =/

    E Luna? O que falar dessa personagem que merecia um filme do HP só pra ela? Já disse pra todo mundo que quando tiver uma filha se chamará Luna por causa da personagem hahuahuhauhaua

    • Priih

      março 24, 2016

      Sempre que tenho oportunidade, faço questão de indicar a leitura do diário da Anne Frank pra quem quer que seja. Ela se tornou uma das minhas maiores figuras inspiradoras. Aliás, você já assistiu “Anne Frank – The Whole Story”? É uma minissérie de 2011 que retrata perfeitamente a história da Anne. Arrisco dizer que é a melhor adaptação já feita, inclusive. Recomendo muito!
      Sobre a Luna hahaha sim! Ela é maravilhosa mesmo, não poderia deixar de citá-la <3

      Beijos,
      Priih ♥

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *