topo↑

Fazer valer a pena

Estive pensando qual a verdadeira razão de eu renovar esse domínio a cada ano novo para mais uma jornada, mesmo com atualizações não tão frequentes, e mesmo com um valor agora salgado a se pagar por tal serviço – é… preciso trocar de host.

Porém, não demorei muito para constatar o óbvio. A verdadeira razão é que isso aqui me faz muito bem. Mas às vezes fico tão ocupada com outras coisas, que acabo me esquecendo como é bom ter esse refúgio que criei e cuidei com tanto capricho e carinho. E a gente sempre acaba voltando para aquilo que nos faz bem, não é? Ou ao menos deveria ser assim. Não deveríamos nos esquecer nem por um segundo do que nos motiva, nos tranquiliza, nos deixa à vontade, nos desestresssa, nos preenche. E assim como que por coincidência, ontem, ao reassistir Titanic (siiiim, haha) pela milionésima vez e sem pretensão alguma, uma citação do Jack acabou por complementar muito bem essa linha de pensamento na qual eu refletia sobre:

“Eu acho que a vida é um dom e não pretendo desperdiçá-la. Nunca se sabe a mão que se irá receber em seguida. A gente aprende a aceitar a vida como se apresenta. Fazer cada dia valer a pena.”

Porque diante de tantas provações que passamos, muitas vezes é difícil aceitar a vida como ela se apresenta para nós. E nem sempre ela é justa e tampouco gentil, é verdade. Já chega dando uns tapas na cara e abalando nossas estruturas. Mas a gente aprende. E a gente vai levando, e vai vivendo… ou tentando ao máximo chegar o mais próximo disso. Só que esse é o erro. Precisamos parar de apenas sobreviver e realmente viver. É o tipo de coisa que faz com que você se questione, como li certo dia por aí: “Por que deixamos apenas para ficar em paz de verdade (quando morremos)? Por que não vivemos em paz também?”

Eu por exemplo, nesse exato momento tô com mil preocupações na cabeça, coisas que não sei se vou conseguir resolver, coisas que me decepcionaram/chatearam, coisas que não me trazem sentimentos bons. Mas eu quero mudar essa situação de acúmulo de angústias. Vou focar, vou batalhar sim, com certeza perder a cabeça algumas vezes, mas não vou deixar que isso me consuma. Essa é a minha meta pessoal para 2017. Canalizar tudo de ruim à minha volta nas coisas boas e que me fazem sentir viva. Lembrar como é bom quando pausamos os incômodos, deixamos as frustrações de lado e permitimo-nos abrir um sorriso.

Então eu escolhi alguns dos meus registros mais alegres e plenos para lembrar de que nem tudo é estresse e preocupação. De que já vivi momentos maravilhosos e que eles estão ali, apenas aguardando para serem repetidos por mim outra vez. E eu não pude deixar de abrir largos sorrisos e inclusive risadas ao me recordar das histórias de cada foto.

A cada vez que eu pensar em desanimar ou começar a reclamar de tudo – algo que infelizmente faço com frequência – vou abrir esse post para me lembrar de que há um lado positivo, sim. E que cabe a mim mesma (a nós) permitir essa recompensa para si.

Então vamos tentar fazer esse 2017 valer a pena, independente dos desafios e dificuldades que surgirem em nosso caminho?

“Mudar não é uma coisa ruim, nunca foi. Mas no fim do dia, sabe, você é a mesma pessoa. E onde o seu coração está, isso nunca muda.

Priih

Priscila Cardoso (프리실라 카르도스), ou apenas Priih. 27. Inconstante em muitos níveis e intensa igualmente. Escreve incontroladamente sobre tudo e tagarela sobre a Coreia desde 2008. Descobre novas paixões a cada dia e não dispensa livros, música e uma boa caneca de café.
  • Beatriz Cavalcante

    Priih faz tanto que eu eu não venho aqui e achei muito amorzinho esse post. <3

    As vezes eu também me pergunto o motivo de sempre voltar para o blog mesmo que bata um desanimo de vez em quando e acho que o motivo é o mesmo: é um espaço onde eu posso colocar aquilo que gosto e ser eu mesma.

    Amei muito essa colagem cheia de momentos felizes e são eles que fazem a diferença né? Estou com saudades de você e espero que da próxima vez a gente possa se encontrar com tempinho na Liberdade. Aproveito para pedir desculpas também pela última vez em que eu fiz você esperar um pouco e por todos os desencontros. Nem cheguei a falar nada na época mas acho que as vezes me sinto mal por isso, haha. De qualquer forma, prometo que da próxima vez a gente vai poder conversar e tudo mais. ♥

    Beijinhos!

    19 de Fevereiro de 2017 at 19:03 Responder
  • Gabriela

    Me identifiquei demais com este texto! Blogar é algo que realmente me faz bem, embora acabe ficando de lado no dia-a-dia, como tudo que parecemos gostar.

    Vim pelo Blogueiros Geek e já estou seguindo! <3

    Beijos,

    http://www.devaneiosvintage.com

    26 de Janeiro de 2017 at 17:27 Responder
  • Mariana Duarte

    Priiiih!!
    Que post mais amorzinho <3 Fiquei muito feliz e motivada lendo o que você escreveu. Espero que 2017 seja maravilhosamente maravilhoso para gente, né?
    Adorei suas fotos e memórias nesse post, sempre bom lembrar das coisas boas quando estamos meio pra baixo ou até quando estamos felizes também.
    Beijos <3

    20 de Janeiro de 2017 at 22:46 Responder
  • Clayci

    Aiii como é bom ver vc por aqui!
    Desejo que 2017 seja tão bom quanto esses momentos lindos que vc teve ano passado *_*

    Beijos

    4 de Janeiro de 2017 at 16:47 Responder
  • Thaminne

    A vida é um enigma e faz a gente perder o rumo milhares de vezes. E a gente acaba se perguntando se aquele caminho é o certo, se estamos desviando dos nossos objetivos. Crescer é complicado e só gera mais dúvidas. Porém o mais importante é isso, a gente ter esse ponto seguro, aquelas pessoas que a gente sabe que vão estar lá e ser um conforto, lembrar das conquitas que fizemos. Vamos ter fases difícies, mas nunca se esqueça da gente! Te considero muito e sem contar que tenho o maior orgulho pelas suas batalhas e conquitas! Você tá de parabéns por estar onde está e pode ter certeza que você chegou aí pelo seu esforço! A torcida era a nossa, mas a força e o sucesso é todo seu! Pode olhar no espelho e sorrir todo dia pq você merece estar feliz!! Parabéns por ser essa pessoa!! Quero ser forte e talentosa como você!! ❤❤❤❤

    3 de Janeiro de 2017 at 13:28 Responder
  • Ana Letícia

    Primeira vez no blog e já estou apaixonada por tudo. Você também é V.I.P , bate aqui! Seu post foi bem motivador, principalmente para esse ano que acabou de chegar, as vezes a gente fica tão preocupada com algumas coisas e acabamos esquecendo que ainda estamos vivos e deixamos de aproveitar cada momento mesmo que sejam pequenos, mas nem por isso deixam de ser especiais, né mesmo?

    P.S. Vc ganhou uma leitora fiel. rsrs
    Beijo do Meio Assimétrica.

    3 de Janeiro de 2017 at 11:56 Responder
  • Sammy

    Primeiramente… Ai meu deus você também é kpopper <3 Me abraça!!!!! ( G dragon é meu ultimate haha).

    Ótimo texto concordo com tudo que você disse, principalmente no final do post, e adorei as fotos e o seu blog no geral, com certeza entrou na minha listinhas de favoritos. Beijos e que em 2017 dê tudo certo pra você

    3 de Janeiro de 2017 at 6:56 Responder
  • Ni

    Melhor post e reflexão <3
    Com certeza vou lembrar dessas suas palavras nesse ano.
    Pode ter certeza que vamos criar novas lembranças maravilhosas ?

    Obrigada por sempre lembrar dos nossos momentos com tanto carinho, eu fico extremamente boba só de ver nossas fotinhos lindas aqui (muito amor esse banner <33). E de ver tantos outros momentos gostosinhos que aquecem seu coração ao lado de quem te faz bem :3

    Sabe que te desejo muito amor, saúde e principalmente tranquilidade ?
    Te amo lindona!

    3 de Janeiro de 2017 at 0:23 Responder
  • Cih

    2017 é nóis! Lá vem mais aventuras! Me avisa sempre que vier pra Sampa! Pq aqui a gente sempre vai inventar dias parar sorrirmos… amo vc, amiga! Vc sabe né? ?

    2 de Janeiro de 2017 at 23:28 Responder

Comenta, vai?