Categoria: K-Idols

G-Dragon e Nana Komatsu para NYLON JAPAN: LOVE IS HERE (小松菜奈)

abril 12
6 comentários

Já tem um certo tempo que eu queria publicar esse editorial (e voltar a postar editoriais com k-idols no blog, porque né? maravilhosos), mas eu tive uma certa dificuldade para encontrar as imagens desse em especial com uma qualidade boa. E o fato do G-Dragon aparecer nessa categoria de novo não deveria ser surpresa alguma, afinal de contas, os editoriais que ele participa são os meus favoritos ♥ .

Esse foi para a revista NYLON JAPAN – próxima edição, de maio – e contou com a participação de Nana Komatsu, outra lindeza, que além de modelo é atriz. O conceito do ensaio foi feito sob o título “[BOY≒GIRL] Nearly Equal”, para mostrar que, tratando-se de moda, não existem barreiras. Já a temática das fotos teve como referência a primavera, com o tema “LOVE IS HERE”. O resultado final não poderia ser mais lindo. (clique nas fotos para vê-las em tamanho ampliado)

Um olhar sobre os belíssimos editoriais de G-Dragon para a edição de aniversário da VOGUE Korea

outubro 7
13 comentários

Não gosto muito de usar títulos grandes para os meus posts, mas nesse eu precisei ser bem específica, afinal de contas, todos os outros 2687539 títulos que eu testei ficaram vagos demais. Também estou atrasada com esse post e de certa forma em dívida com os leitores que acompanham o meu blog, mas novamente o meu TCC é a prioridade do momento e não posso falhar esse ano.

Dentre as inúmeras coisas que eu gosto e aprecio, certamente estão entre elas o design editorial, o k-pop e a moda coreana (ou mais precisamente, k-fashion); e estes são temas que eu quero focar ainda mais por aqui. Pois bem. Em agosto a VOGUE Korea completou o seu 17º aniversário, e para celebrar a data a mesma lançou uma edição especial com 3 capas/editoriais diferentes, com o cantor G-Dragon. Quem já o conhece sabe do seu senso para a moda e o quanto ele é famoso por isso, além claro, do seu talento para a música. Quando foi mencionado que seria ele que faria parte dessa edição de aniversário fiquei bastante entusiasmada, mas devo confessar que os editoriais superaram ainda mais (se é que isso é possível) as minhas expectativas.

Ao juntar as milhares de facetas (em questão de criatividade e estilo) que o G-Dragon tem + o trabalho minucioso da equipe da VOGUE Korea, o resultado não poderia ser outro senão maravilhoso. As roupas, a maquiagem, as poses e a cumplicidade dos modelos em frente à camera, foram elementos essenciais e muito bem trabalhados. Se comparado com a edição de fevereiro desse ano e a edição de 2009 nas quais ele também participou, posso dizer que eu particularmente gostei bem mais dos conceitos utilizados nos editoriais dessa edição de aniversário.

O primeiro editorial foi com a top model Park Soo Joo, sob o título “Black Twins” ♦ Fotógrafo: Hong Jang-Hyun
Confira o making of aqui.



O segundo editorial foi com a top model Kim Sung Hee, sob o título “Street to Street” ♦ Fotógrafo: Kim Bo-Sung
Confira o making of aqui.



E o terceiro editorial foi com a top model Park Ji Hye, sob o título “Swing Time” ♦ Fotógrafo: Kim Young-Jun
Confira o making of aqui.



Fica difícil escolher um preferido, né? Eu gosto muito do primeiro e do segundo, embora não saiba explicar exatamente o porquê. Então, quando começaram a ser liberadas as fotos em HQ, não tive dúvidas que deveria compartilhar cada uma delas aqui. (de nada! ) Acredito que assim como servem/serviram de inspiração para mim, o mesmo possa acontecer com muitas outras pessoas. Inspiração nunca é demais e assim que possível pretendo comprar essas 3 edições, mas num futuro ainda incerto, hahaha.

Espero que tenham gostado! Quem quiser conferir a entrevista completa dessa edição de aniversário, basta clicar aqui.

PS.: Apesar das 3 capas fazerem parte da mesma edição da VOGUE Korea, achei mais adequado publicar no plural, como “editoriais”, visto que foi realizado um editorial diferente para cada capa. Me corrijam se eu estiver errada ^^

Coreia do Sul x Cirurgia Plástica: Uma obsessão?

janeiro 8
15 comentários

Não é de hoje que eu tenho vontade de escrever sobre esse assunto no blog, e a deixa para o post finalmente sair deveu-se a um episódio do Saturday Night Live Korea.

O Saturday Night Live é um programa semanal de comédia que inicialmente era exibido apenas nos Estados Unidos, seu país de origem. Contudo, devido ao seu sucesso o programa é atualmente desenvolvido em diversos países, e a Coreia do Sul está entre eles.
No episódio 15 do SNL Korea, transmitido no mês passado, as meninas do Brown Eyed Girls (girl group coreano) apresentaram uma sátira sobre a loucura de hoje em dia envolvendo a cirurgia plástica/cosmética.

Elas citam a famosa cirurgia de pálpebra dupla, além da cirurgia no nariz, no maxilar (!), e do já conhecido silicone. De um jeito hilário, com uma adaptação de Poker Face da Lady Gaga, elas mudam a chamada principal para Plastic Face, alegando na letra que as mulheres “fazem tudo”, e que o fato dos homens não as reconhecerem é um tanto o quanto engraçado.

Com trechos como: “Você já ouviu falar da cirurgia do maxilar, na qual envolve quebrar a mandíbula superior e inferior?”, “Os seios pelos quais você é louco são apenas implantes”, “Elas provavelmente amam mais o cirurgião do que você” e ainda “Não fique com vergonha, auto-estima é importante”. Essa última frase merece destaque, pois, para os que não sabem, os coreanos são os que possuem uma das taxas mais altas de suicídios. De acordo com a BBC, são cerca de 40 suicídios por dia, e essa é uma estatística de 2011. É tão sério que o próprio governo de Seul já reconheceu isso como um caso crítico que precisa ser resolvido o quanto antes. Além disso, é comum ver nas publicações do projeto Korean Students Speak manifestações desse tipo:



clique para ampliar

Aí entra a questão mencionada sobre a auto-estima. As garotas são obcecadas em alcançar a beleza ideal. Ok, você vai me dizer que isso não ocorre apenas na Coreia, mas no mundo todo. Eu concordo. Mas na Coreia uma coisa leva a outra, porém num level hard, digamos assim. Desde pequenas, meninas são influenciadas e/ou tem em mente de fazer uma cirurgia para destacar mais seus olhos, ter uma pele mais bonita e um corpo esguio e delineado. Outra coisa que também contribui para a depressão e posteriormente o suicídio é o sistema de ensino do país. É dito como um dos melhores, porém um dos mais exigentes também. Acho que as imagens acima falam por si só, certo?

Enfim, trata-se de uma série de fatores que acabam por provocar esse alto índice de cirurgias plásticas e cosméticas. E é algo que começa cedo, já na adolescência. No caso dos k-idols (ou se preferir, celebridades coreanas), esse “problema” é maior ainda, pois a pressão que algumas agências colocam sobre seus artistas é absurda. Assim, acabam de certa forma forçando-os a fazerem estes tipos de cirurgias.


Park Bom – 2NE1

Como exemplo a Park Bom, do 2NE1. Aqui fica claro que no mínimo ela se submeteu à cirurgia de pálpebra dupla, ao compararmos a primeira foto com a segunda. Alguns dizem que ela também fez algo no nariz e no queixo. Porém, se tem uma coisa que de certa forma me incomoda, é denegrirem sua imagem chamando-a de barbie falsa ou boneca de plástico, pelo fato do rosto dela certas vezes parecer inchado, e por ela ter a famosa “poker face”, ou seja, não demonstra muitas expressões em várias situações. Contudo, poucos sabem que ela sofre de um problema nos gâmglios linfáticos. Esse tipo de problema causa um inchaço na garganta, o que explica as alterações de voz dela e também o inchaço na área do seu pescoço, daí causando essa ilusão de que o rosto dela está maior/inchado. No próprio 2NE1 TV (programa delas exibido pela emissora Mnet), houve um episódio em que ela foi obrigada a se deitar e colocar garrafas com gelo sobre o seu pescoço porque não estava se sentindo nada bem.


Tiffany – Girls’ Generation


Jessica – Girls’ Generation

As meninas do Girls’ Generation. Elas são alvos de vários comentários e questionamentos sobre cirurgia plástica. Alguns as julgam totalmente “refeitas”, pelo fato de estarem bem diferentes desde o debut, e outros, alegam impróprio o julgamento por fotos de quando elas ainda eram adolescentes. E isso em certo ponto eu até concordo, pois a maioria das meninas (e meninos) mudam demais após a adolescência. Puberdade, oi? São épocas tensas para alguns; espinhas, mudanças no corpo e tudo mais. Mas pelas fotos acima fica evidente que elas mudaram o rosto. Talvez os olhos, ou um nariz um pouco mais arrebitado e até o queixo. Porém, a julgar que a agência do grupo trata-se da SM Entertainment, na qual é famosa por lançar artistas de sucesso mas também por explorar os mesmos, eu não duvido que a mesma tenha solicitado/obrigado as garotas a esse tipo de cirurgia.

É um assunto um tanto o quanto complicado (?), pois quanto maior o número de artistas “perfeitas” e que se submetem a cirurgias, maior o número de meninas que irão se espelhar nesse tipo de influência, querendo modificar alguma parte em si mesmas. Todo mundo quer ter uma boa aparência, e isso é fato. Mas será que realmente são necessárias tantas cirurgias? Como a do maxilar por exemplo, que foi a que mais me chocou.
Eu fico meio indecisa sobre defender uma só opinião, pois pra mim, se a pessoa está realmente infeliz com sua aparência, tem depressão e etc, vai lá e muda o que não te agrada e seja feliz! Ok, eu não gosto disso e disso em mim, mas é algo que necessita MESMO de cirurgia plástica?, E se for, é preciso fazer tantas mudanças a ponto de você perder sua própria identidade? Bom, certamente não é um problema que se resolve da noite para o dia, mas vale a reflexão e discussão de opiniões.

O vídeo abaixo é o episódio do SNL Korea que mencionei no início e que deu origem a esse post. Ele é curtinho e vale a pena assistir para dar algumas risadas

E você, qual sua opinião sobre o assunto? Conhece alguém que tenha se submetido a cirurgias plásticas?

Referências:

◘ The Grand Narrative
◘ SeoulBeats
◘ Korean Students Speak
◘ BBC UK