topo↑

Curitiba com Escher e Salvador Dalí

Apesar de esse ano eu estar apenas comparecendo às aulas de TCC, ainda posso usufruir de outras atividades da faculdade. E dessa vez aproveitei a oportunidade para participar de uma excursão à Curitiba e ver as obras de quem? Escher! Se você curte ilusão de ótica, provavelmente já deve ter visto (mesmo que sem querer), alguma obra dele.

Então no sábado, dia 18, visitei Curitiba pela primeira vez. E sim, Joinville é bem próxima de lá, mas até então nunca tinha entrado de fato na cidade, apenas passado perto. De certa forma, tudo me lembrou um pouco São Paulo, e isso só aumentou a minha saudade das amigas blogueiras paulistas. Uma pena que a viagem atrasou um pouco pois pegamos trânsito, então não deu para aproveitar tanto o quanto eu gostaria. Mas registrei algumas fotos (das obras principalmente), pra compartilhar com vocês!


Museu Oscar Niemeyer, lindão


A empolgação pra tirar a foto foi tanta que saí com um sorriso bizarro, LOL.

Diferente das obras de Salvador Dalí (que eu também fui na exposição e registrei), as obras de Escher servem mais para enganar o olho humano. Ele usa muitas formas geométricas e não figurativas. Além disso, a maior parte de seus trabalhos são em preto branco e feitos por meio de técnicas como Xilogravura e Litografia.


Oi cara de boi!

Além de Escher, havia exposição de trabalhos de outros artistas no Museu Oscar Niemeyer. Esse mural da foto abaixo eu não lembro se era de algum artista específico ou de vários, mas achei lindo.

Os poucos minutos que pude passear pelo centro consegui registrar pelo menos esse mural do Ray Charles, feito em um prédio. Fantástico, não?

Como eu disse anteriormente, também visitamos a mostra de Salvador Dalí, porém esta não ficava no Museu, mas sim na Caixa Cultural. A exposição contava com 100 gravuras de Dalí inspiradas na Divina Comédia.

Dessa mostra, infelizmente eu tirei só duas fotos. #fail Minha câmera estava com a bateria fraca então não consegui registrar mais do que isso. Entretanto, apesar de eu ser super fã de Dalí pelos trabalhos incríveis dele, devo confessar que curti muito mais a exposição do Escher. Pelo fato da Divina Comédia interpretada por Dalí ser um tema à parte adaptado por ele, esta não contempla as obras mais famosas do artista (e melhores, na minha humilde opinião). Mas de qualquer forma, ambas valem muito a pena!

E é isso! Gostaria de ter tirado muito mais fotos, mas só visitando a exposição pra ver a lindeza que é. Essas terminam nesse final de semana, mas logo logo deve estar em outra cidade. Fica a dica!

Espero que tenham gostado do post e boa semana para nós!

Priih

Priscila Cardoso (프리실라 카르도스), ou apenas Priih. 27. Inconstante em muitos níveis e intensa igualmente. Escreve incontroladamente sobre tudo e tagarela sobre a Coreia desde 2008. Descobre novas paixões a cada dia e não dispensa livros, música e uma boa caneca de café.
  • Cih

    Amiga!!!! Fui na exposição do Escher aqui em Sampa, no ano passado! hihihi ~.~
    Apaixonei por causa da iteração das obras!
    Muito bom!
    Kiss

    1 de junho de 2013 at 14:26 Responder
  • Loma

    Amei as fotos, sempre tive vontade de ir à essa expo de Escher, mas só as fotos já dão uns feels meio estranhos, imagina eu lá tontinha? hahahahahahaha <3

    19 de maio de 2013 at 23:35 Responder
  • Edypo

    cultura a gente também ver por aqui! ♥ e Pri a senhorita sempre nos causando inveja né?! se é emocionante só de olhar essas fotos imagina pessoalmente \cry

    19 de maio de 2013 at 23:11 Responder
      • Edypo

        vou esperar viu! >_<

        20 de maio de 2013 at 18:04 Responder

Comenta, vai?